O SINDICATO

HISTÓRICO

Com a necessidade da criação de um órgão com representatividade sindical para defender, coordenar e proteger interesses individuais e coletivos da atividade profissional dos policiais federais e servidores administrativos surge, em 22 de agosto de 1989, o Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Departamento de Polícia Federal no Estado de São Paulo (SINDPOLF/ SP).
Desde então, policiais e servidores do Estado contam com um órgão competente e coeso nas reivindicações sociais e trabalhistas, que tem realizado, desde sua fundação, ações que permitem a melhoria contínua das condições de trabalho no Departamento de Polícia Federal, colaborando com o fortalecimento da instituição e realizando as transformações que a categoria profissional deseja e a sociedade necessita.
O SINDPOLF é o único e legítimo representante no Estado de São Paulo de toda a Carreira Policial Federal, composta pelos cargos de Agente, Escrivão, Papiloscopista, Delegado e Perito, bem como pelos servidores administrativos do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal.

A PF prendeu, em ações distintas no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, ontem (21/11), passageiros tentando levar drogas para a Europa e Ásia.          

Um casal de brasileiros, de 19 e 20 anos de idade, tentou passar pelo controle migratório usando, cada um deles, uma espécie de cinta recheada com cocaína. O casal levantou suspeitas dos policiais federais devido à idade e destino. Eles foram entrevistados e tiveram suas malas vistoriadas e, na busca pessoal, foram localizadas as cintas, cujo volume total passou de cinco quilos. A substância tinha como destino a cidade de Lisboa, em Portugal.

Em outra ação, policiais federais encontraram dentro da mala de um passageiro que iria para o Vietnã, uma mochila com fundo falso ocultando cerca de cinco quilos de cocaína. O homem, um brasileiro de 20 anos de idade, foi preso em flagrante.

Texto: Comunicação Social Delegacia Especial no Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos) / Superintendência da Polícia Federal em São Paulo